Os segredos da depilação íntima masculina


Depilação íntima: quem não se preocupa na hora de aparar os pelos? Em uma atual geração em que eles se tornaram cada vez menos objeto de desejo, nada mais natural que se adequar aos novos tempos. Além de higiênico, esteticamente o resultado pode ser interessante. Mas o assunto aqui não é o efeito de algumas polegadas a mais que a depilação íntima possa proporcionar, mas sim, quais cuidados e métodos mais adequados, pois apesar de vários centros de estética proporcionarem tecnicamente este tipo de processo, muitos homens ainda não se sentem a vontade com tal exposição.

O primeiro fator a ser considerado é que a depilação dos pelos da região genital é essencial para a higiene. Principalmente no verão, quando a temperatura excessivamente alta dificulta a respiração da pele. Sem falar de odores indesejados. Alguns homens já possuem o hábito de depilar peito, costas e axilas nesta época, mas tanto a virilha quanto a área genital também merecem bastante atenção.

Cera fria ou quente tendem a causar pânico em alguns homens. Neste caso, prefira que um profissional efetue o procedimento, mais adequado para aqueles que já depilam outras partes do corpo com cera. Uma boa opção são as máquinas de cortar cabelo, ou até mesmo as menores, para acabamentos. Rápidas e de fácil manuseio, irão aparar os pelos no mesmo comprimento, sem grandes invenções e remotos riscos de cortes. O escroto e a região perianal merecem muito mais cuidados, pois são locais sinuosos e a máquina de aparar pode machucar. E muita atenção: a tesoura, de preferência sem ponta, deve ser utilizada apenas para aparar os pelos e não cortá-los por completo.

Os que preferem pela total ausência de pelos podem optar por cremes depilatórios, com a grande ressalva de que a maioria não é indicada para regiões íntimas. A tal leitura básica de rótulos e instruções deve ser sempre aplicada para produtos com esse objetivo. É sempre bom fazer um teste de alergia - sensibilidade: para evitar reações na pele, antes da aplicação, utilize uma pequena quantidade do produto na área a ser depilada. Havendo alguma reação, o produto deve ser removido de imediato e não mais utilizado. Para tais produtos, a pele deve estar sempre limpa, seca e sem machucados antes da aplicação.

Depilação com laser ou luz pulsada são oferecidas por clínicas de estética e devem ser feitas por profissionais, pois as reações de um procedimento mal executado podem prejudicar por demais a pele e trazer reações adversas, assim como sequelas. A pele negra não é indicada para este tipo depilatório, pois o resultado pode se reproduzir em manchas e afins. Por isso, a orientação do profissional deve ser sempre considerada.

As lâminas de barbear são a escolha inconsequente de muitos homens na hora da depilação íntima. O risco de corte é altíssimo, assim como irritações desconfortáveis quando os pelos voltam a crescer. Fatal também para quem tem foliculite. Hoje em dia existem produtos próprios para este tipo de prática, que podem ser encontrados em drogarias, farmácias e supermercados. Mas deve ser sempre a última opção.

Jamais pense em depilar sem nenhum lubrificante ou sabonete para banhos, pois caso contrário você poderá danificar a pele, causar irritações e até mesmo inflamações. Utilize um creme para barbear para pele sensível que não seja à base de álcool e de mentol, para evitar que a pele fique seca após a depilação.Uma boa dica é depilar a região íntima durante o banho com o chuveiro em uma temperatura quer não agrida a pele. .



Confira a seguir as vantagens e desvantagens de cada método de depilação (fonte: Homens que se Cuidam):

Lâmina:

Vantagens: baixo custo em relação aos outros métodos, praticidade, acessibilidade para encontrá-la facilmente.

Desvantagens: por retirar os pelos rente a pele, o seu crescimento é rápido, podendo ser necessário retirá-los no outro dia mesmo. Sem um correto manuseio pode causar acidentes, como cortes. Ao nascer, os pelos nos passam a impressão de mais grossos.

Adendo: pode-se usar em qualquer parte do corpo.

Creme Depilatório:

Vantagens: custo e rendimento intermediário (cerca de 15 a 20 reais), praticidade, sem riscos de cortes, os pelos nascem praticamente do jeito que foram retirados.

Desvantagens: há necessidade de um teste de sensibilidade antes de usá-lo, a fim de evitar reações alérgicas. Os pelos nascem pouco tempo após, semelhante a lâmina, já que também são retirados rente a pele.

Adendo: há alguns produtos específicos para algumas regiões do corpo, mas basicamente pode-se aplicar em qualquer região, desde que a pele não mostre irritação.

Cera Fria:

Vantagens: retira os pelos pela raiz, demorando pelo menos cerca de 2 semanas para voltarem a aparecerem. Os pelos tendem a nascerem em menor quantidade e mais finos com seu uso a médio/longo prazo. Seu custo é relativamente barato, custando uma caixa com 6 pares de folhas por uns R$ 15,00.

Desvantagens: é necessário as informações corretas para seu uso sem causar riscos, pois se usado incorretamente poderá causar sérios danos à pele. A dor é intensa, principalmente em determinadas regiões do corpo (em compensação ela pode ser momentânea em uma grande área).

Adendo: é mais difícil usar em determinadas partes em que a pele é mais flácida. No rosto, o cuidado é redobrado, sendo interessante que um bom profissional o faça (ainda mais se for uma barba espessa).

Aparelho de Depilação:

Vantagens: arranca os pelos pela raiz assim como a cera. Há uma facilidade no seu manuseio. É cômodo, pois você pode utilizá-lo a qualquer momento. O aparelho pode durar anos, o que implica em uma economia bacana.

Desvantagens: a dor pode ser tão pior quanto a cera, quase que insuportável! Retira os pelos em uma área menor, consequentemente não é um processo rápido também. O Custo a primeiro momento pode ser encarado como elevado.

Adendo: não dá para utilizar em qualquer região do corpo pela dor que gera. Normalmente é indicado para as pernas, apenas, de preferência com pelos finos.

Cuidados básicos para quem faz a depilação íntima:

– Esqueça as cuecas de tecido sintético, opte pelas cuecas de algodão;

– Não abusar do amaciante e do sabão para lavar as roupas íntimas. Esses produtos em contato com a pele desprotegida podem causar irritação e alergias. Existem produtos de limpeza próprio da cuecas e calcinhas que evitam esse problema.

– Na hora do banho não use sabonete comum. Opte por sabonetes líquidos especiais para essa região quem tem Ph diferenciado.

– Cuidado com os banhos quentes! As temperaturas muito altas podem causar alergia e vermelhidão nas áreas depiladas;

– É comum ocorrer alguma irritação na região quando o pelo voltar a crescer, provocando coceira. No entanto, com o hábito de depilar a região, o corpo se acostumará e não haverá mais estes tipos de problemas. 

ÚLTIMAS POSTAGENS