30.12.16

Galleria Shopping promove “Liquida Verão”, com descontos de até 70%



O Galleria Shopping, em Campinas, promove de 2 a 22 de janeiro de 2017 a “Liquida Verão”, com descontos de até 70% na maioria das lojas do empreendimento. Esta será a primeira campanha de renovação de estoques da história do shopping, que tradicionalmente trabalhava somente com as promoções individuais das lojas.

“Em 2016, realizamos promoções segmentadas, com excelentes resultados, e agora resolvemos expandir e promover nossa primeira liquidação geral”, afirma a gerente de marketing do Galleria Shopping, Regina Mello. Ela acrescenta que a ação não englobará apenas as lojas de artigos relacionados a moda, mas também de outros setores, como o de beleza, incluindo prestadores de serviços.

“Será uma excelente oportunidade para renovar o closet em plena estação, cuidar do corpo, da pele e dos cabelos e ainda decorar a casa”, resume.

Entre as diversas lojas que aderiram à promoção, estão marcas exclusivas do Galleria Shopping na região, como Alcaçuz, Cantão, Salinas, Sacada, C. Kamura e A.Brand.

As oportunidades serão variadas. Entre as lojas que irão trabalhar com até 70% de desconto, estão a Siberian e a Casa Thereza Aguiar. Cantão, Ana Pegova, True Beauty e Sergio´s trabalharão com redução de até 60% nos preços, enquanto as operações Skechers, Sacada, Morana, Fruit de la Passion, Alcaçuz, Comoditá, Zap Clothing, Schutz e Morana irão oferecer desconto de até 50%.

Serviço:

“Liquida Verão”
Galleria Shopping
Endereço: Rod. Dom Pedro I, 131.5 - Jardim Nilópolis, Campinas - SP
Telefone: (19) 3766-5300
Site: iguatemi.com.br/galleriashopping

MIS Campinas apresenta os melhores longas de 2016

Sonia Braga em cena de "Aquarius", de Kléber Mendonça Filho

Pelo quinto ano consecutivo, o MIS (Museu da Imagem e do Som de Campinas) apresenta durante o mês de janeiro de 2017 uma programação especial, dedicada aos melhores filmes exibidos nos cinemas brasileiros no ano anterior. Sob a curadoria de Ricardo Pereira e Gustavo Sousa, foram selecionados 20 títulos. Entre os grandes filmes do ano, o expectador poderá conferir ou rever sucessos de critica e de público como os nacionais "Aquarius", "Boi Neon" e "Mãe Só Há Uma". O premiado "O Filho de Saul" e "Julieta", último filme de Pedro Almodóver, também estão na programação. 

Confira abaixo a programação com sinopses, datas e horários. As sessões são gratuitas:

Quinta-Feira, 5 de Janeiro, 20h
"TRUMAN"
Direção de Cesc Gay
Dois amigos de infância (Ricardo Darín e Javier Camara), separados por um oceano, se encontram depois de muitos anos. Eles passam uns dias juntos, lembrando os velhos tempos e a grande amizade que se manteve com os anos, tornando-os inesquecíveis, devido o seu reencontro ser também o último adeus. Espanha, 2015. Colorido, 106 min.

Sexta-Feira, 6 de Janeiro, 20h
"JUVENTUDE"
Direção de Paolo Sorrentino
Um maestro aposentado (Michael Caine) sairá de férias com sua filha (Rachel Weisz) e com seu melhor amigo (Harvey Keitel), um diretor de cinema. É neste momento que ele recebe um convite da Rainha Elizabeth II para se apresentar no aniversário do Príncipe Philip. Itália, 2015. Colorido, 124 min.

Sábado, 7 de Janeiro, 17h
"O VALOR DE UM HOMEM"
Direção de Stéphane Brizé
Aos 51 anos, após 20 meses de desemprego, Thierry (Vincent Lindon) consegue um novo trabalho, mas logo se vê ante um dilema moral. Para manter o seu emprego, ele deverá aceitar tudo? França, 2015. Colorido, 93 min.

Sábado, 7 de Janeiro, 20h
"CINCO GRAÇAS"
Direção de Deniz Gamze Ergüven
No início do verão, em um vilarejo Turco, Lale e suas 4 irmãs aprendem o que é ser mulher na sociedade turca: São proibidas de brincar com os meninos, são ensinadas a realizarem tarefas de casa e os pais preparam casamentos arranjados para elas. Mas as meninas não desistirão de sua liberdade tão facilmente. França, 2015. Colorido, 97 min.

Domingo, 8 de Janeiro, 18h
"O ABRAÇO DA SERPENTE"
Direção de Ciro Guerra
Um Xamã de uma aldeia amazôniza e último sobrevivente de sua tribo da Amazônia. Ele opta pelo isolamento nas profundezas da selva, até ser encontrado por um botânico europeu, que está em busca de uma planta poderosa capaz de fazer sonhar. Colômbia, 2015. Colorido, 125 min.

Quinta-Feira, 12 de Janeiro, 20h
"CERTO AGORA, ERRADO ANTES"
Direção de Hong Sang-soo
Chunsu e Heejung andam juntos em um dia qualquer. Eles visitam o estúdio da pintora, comem sushi no jantar, bebem soju com os amigos dela e veem crescer a intimidade entre eles. Quando a artista lhe pergunta se ele é casado, o diretor não tem outra opção senão revelar a verdade. Na segunda parte do filme, uma história similar de "encontro e diversão" se desenrola. Eles vão nos mesmos lugares, mas algo ali se revela. Coreia do Sul, 2015. Colorido, 121 min.

Sexta-Feira, 13 de Janeiro, 20h
"NOSSA IRMÃ MAIS NOVA"
Direção de Hirokazu Kore-Eda
Três irmãs – Sachi, Yoshino e Chika – vivem juntas em uma linda casa que pertence à família há anos, na cidade de Kamakura. Quando o pai delas, ausente nos últimos 15 anos, morre, elas decidem ir ao seu enterro. Lá elas conhecem a sua meia-irmã Suzu, uma tímida adolescente na qual elas se apegam muito rápido. Elas convidam Suzu para ir morar com elas, e quando o convite é aceito, uma nova vida de descobertas e alegrias começa para as quatro irmãs. Japão, 2015. Colorido, 128 min.

Sábado, 14 de Janeiro, 17h
"À SOMBRA DE UMA MULHER"
Direção de Philippe Garrel
Com o início do começo de um triângulo amoroso em Paris, o longa proporciona uma visão sobre casais que começam e morrem, transitando entre o doce sentimento do amor e o forte desejo, até o amargo fim. França, 2015. Preto e Branco, 73 min.

Sábado, 14 de Janeiro, 20h
"JULIETA"
Direção de Pedro Almodóvar
Julieta sofre com a morte de seu marido, Xoan. Sua filha Antía acaba precisando lidar com a depressão da mãe, mas elas se distanciam muito nesse processo. Quando a garota completa 18 anos, sai de casa sem dar satifações e faz com que Julieta perceba o abismo entre as duas. Espanha, 2016. Colorido, 96 min.

Domingo, 15 de Janeiro, 18h
"O BOTÃO DE PÉROLA"
Direção de Patricio Guzman
Documentário de Patricio Guzmán parte de uma crônica sobre o oceano para falar sobre massacre de indígenas e assassinato de pessoas durante a ditadura de Pinochet. Chile, 2015. Colorido, 82 min.

Quinta, 19 de Janeiro, 20h
"OVELHA NEGRA"
Direção de Grímur Hákonarson
Gummi e Kiddi são irmãos e vizinhos que moram numa pequena comunidade na Islândia, criando caprinos. Eles não se falam há mais de quatro décadas. Usam um cão de estimação para se comunicarem, quando necessário. Solitários, convivem com o clima gélido e com a pacatez de uma vila onde nada acontece. A diversão anual diz respeito a uma competição de ovelhas, as quais os irmãos participam e se rivalizam. Islândia, 2015. Colorido, 93 min.

Sexta, 20 de Janeiro, 20h
"FLOCKEN – O REBANHO"
Direção de Beata Gardeler
Em uma pequena vila onde todos os habitantes se conhecem, Jennifer (Fatime Azemi), de 14 anos, acusa um de seus companheiros de escola de tê-la estuprado. Os moradores se recusam a acreditar que um caso como esse tenha acontecido na vila, o que acaba fazendo com que a fúria das pessoas locais se virem contra Jennifer e sua família. Suécia, 2015. Colorido, 110 min.

Sábado, 21 de Janeiro, 17h
"45 ANOS"
Direção de Andrew Haigh
Kate Mercer (Charlotte Rampling) está planejando a festa de comemoração dos 45 anos de casada. Porém, cinco dias antes do evento, o marido recebe uma carta: o corpo de seu primeiro amor foi encontrado congelado no meio dos Alpes Suíços. A estrutura emocional dele é seriamente abalada e Kate já não sabe se vai ter o que comemorar durante a festa. Inglaterra, 2015. Colorido, 93 min.

Sábado, 21 de Janeiro, 20h
"MIA MADRE"
Direção de Nanni Moretti
Margherita (Margherita Buy) é uma diretora de cinema que está prestes a iniciar as filmagens de seu novo longa-metragem, que será protagonizado pelo galanteador astro internacional Barry Hughins (John Turturro). Paralelamente, ela precisa lidar com vários problemas em sua vida pessoal, como o fim de um relacionamento e a doença da mãe (Giulia Lazzarini), que está internada no hospital. Itália, 2015. Colorido, 106 min.

Domingo, 22 de Janeiro, 18h
"OS OITO ODIADOS"
Direção de Quentin Tarantino
Em Wyoming, Estados Unidos, após a Guerra Civil norte-americana (1865), um grupo de caçadores de recompensa transporta uma perigosa prisioneira, mas são surpreendidos por uma nevasca e precisam então parar em uma estalagem na estrada: o Armazém da Minnie. Isolados e obrigados a conviver por mais tempo do que gostariam, o grupo acaba se envolvendo em uma trama de traição, desilusão e ódio. EUA, 2015. Colorido, 182 min.

Quinta-Feira, 26 de Janeiro, 20h
"O FILHO DE SAUL"
Direção de László Nemes
No horror de 1944, na cidade de Auschwitz, um prisioneiro forçado a queimar os cadáveres de seu próprio povo encontra alívio moral ao tentar salvar das chamas o corpo de um menino. Hungria, 2015. Colorido, 107 min.

Sexta-Feira, 27 de Janeiro, 20h
"TRUMBO – LISTA NEGRA"
Direção de Jay Roach
Mais conhecido nome entre os "Dez de Hollywood", os dez roteiristas banidos pela caça às bruxas anticomunista dos anos 1940 e 1950 nos Estados Unidos, Dalton Trumbo ganha uma cinebiografia à sua altura. EUA, 2015. Colorido, 124 min.

Sábado, 28 de Janeiro, 17h
"BOI NEON"
Direção de Gabriel Mascaro
Iremar (Juliano Cazarré) é um vaqueiro de curral, que viaja pelo Nordeste ao lado de Galega (Maeve Jinkings) e da pequena Geise (Samya de Lavor). Por onde passa Iremar recolhe revistas, panos e restos de manequins, já que seu grande sonho é largar tudo para iniciar uma carreira como estilista no Pólo de Confecções do Agreste. Brasil, 2015. Colorido, 101 min.

Sábado, 28 de Janeiro, 20h
"MÃE SÓ HÁ UMA"
Direção de Anna Muylaert
A vida do adolescente Pierre muda completamente quando é obrigado a fazer um teste de DNA. Após o resultado, ele descobre que sua mãe o roubou na maternidade e é obrigado a trocar de família, de nome, de casa, de escola... e de gênero? Conheça o drama do rapaz que precisa encontrar seu lugar no mundo, mesmo quando seu mundo inteiro acaba e um novo se apresenta diante de seus olhos. Brasil, 2016. Colorido, 82 min.

Domingo, 29 de Janeiro, 18h
"AQUARIUS"
Direção de Kléber Mendonça Filho
Clara (Sonia Braga) vive sozinha num apartamento à beira-mar do prédio Aquarius. Ela já se recuperou de um câncer, tem uma vida estabilizada como crítica de música e como mãe de três filhos. Entretanto, sua vida sossegada pode estar com os dias contados depois que uma empreiteira compra todos os apartamentos e tenta convencer Clara a vender o seu. Brasil, 2016. Colorido, 142 min.

Serviço: 

Circuito MIS de Cinema: Os Melhores do Ano no MIS Campinas
Data: de 5 a 29 de janeiro
Local: MIS Campinas
Entrada gratuita
Endereço: Rua Regente Feijó, 859 - Centro, Campinas - SP
Telefone: (19) 3733-8800

28.12.16

Os desfiles masculinos das passarelas nacionais e internacionais de 2016

Cotton Project, SPFW N42

Em um ano em que a engrenagem da moda passou a aderir à máxima do "see now, buy now" com peças saídas dos desfiles diretamente para consumo, tivemos também fatos importantes como a solidificação da moda agênero, o slow fashion como nova tendência de estilo e consumo, e como destaque, a aposta em uma modelagens oversized saída das ruas para as passarelas, um verdadeiro respiro à imposição skinny vinda de muitas e muitas temporadas. 

O blog NLDJ mostrou o desfiles das temporadas nacionais e internacionais de Verão 2017. E como estamos em pleno verão, que tal ver/rever os posts publicados e se inspirar para o novo ano que se aproxima? Entre as semanas de moda, destacamos a Casa de Criadores, que nos apresentou um número record de desfiles masculinos participantes do evento. 

É só clicar nos links para conferir os desfiles e as tendências da temporada: 


Aproveite e acesse os desfiles da temporada nacional de Inverno 2017, onde muitas marcas também já disponibilizaram suas peças em proposta "see now, buy now": 


Só para lembrar, dia seis de janeiro começa a temporada internacional de Inverno 2017 com as semanas de moda masculina de Londres, Milão, Paris e NY. O blog NLDJ irá destacar os principais desfiles e tendências da temporada. Clique aqui e confira o line-up completo da London Collections: Men, Milano Moda Uomo, Homme Paris e New York Fashion Week Men´s!

Billboard Top 100 | Ouça o melhor da música pop de 2016


A Billboard divulgou a lista das 100 melhores músicas pop do ano de 2016. O blog Soundplus, do nosso querido parceiro DJ Osmar Hackermann, acaba de liberar para download uma pack mais que especial, com todas as canções que bombaram as rádios e as pistas, segundo a lista da Billboard. O álbum, em qualidade Itunes Plus, reúne Adele, Ariana Grande, Beyoncé, Sia, P!NK, Drake, Justin Bieber, Justin Timbarlake e muito mais. Como estamos na última semana do ano, que tal uma super retrospectiva com o melhor da música pop de 2016? Para baixar e ouvir é só clicar aqui!

Margarita "Gold Coast Rita" refresca o Verão no Outback Steakhouse


Já é Verão e que tal para refrescar uma tradicional margarita servida quase congelada? Esse é o Gold Coast Rita® (R$ 25,25), um dos drinks especiais do Outback Steakhouse: uma margarita frozen feita com tequila nobre do México, licores e ingredientes exclusivos do Outback. O resultado é uma bebida de textura única, refrescante e saborosa. Ótima opção para o verão que acabou de chegar. Em Campinas, o Outback está localizado nos shoppings Iguatemi, Parque D. Pedro e Galleria.

Serviço:

Outback Steakhouse Galleria Shopping
Endereço: Rodovia D. Pedro I, km 131,5 - Estacionamento do segundo piso - Campinas – SP
Telefone: (19) 3207-1509

Outback Steakhouse Shopping Iguatemi Campinas
Endereço:Avenida Iguatemi, 777 - Estacionamento do primeiro piso - Campinas – SP
Telefone: (19) 3251-8350

Outback Steakhouse Parque D. Pedro Shopping
Endereço: Entrada da Ala das Flores - Rod. Dom Pedro, km 137 - Campinas – SP
Telefones: (19) 3756-9877

Os grandes destaques LGBT da TV em 2016

Foto: Bastidores "Sense8" - divulgação. Em 2016 a mídia nos apresentou mulheres, homens, transgêneros, cisgêneros, gêneros fluidos. Que venha 2017 com novos desafios!

Ao fim de tudo, 2016 entrará para a história do Brasil como uma virada conservadora, patrocinada por uma elite machista, xenófoba, preconceituosa. Nas bordas das sucessivas investidas truculentas contra as manifestações populares pela preservação das conquistas sociais, a sexualidade em suas diversas manifestações e expressões estiveram na pauta, visibilizando e naturalizando todas as formas de afetos e identidades.

Em “Liberdade, Liberdade” (Rede Globo), André, interpretado por Caio Blat e Tolentino, vivido por Ricardo Pereira, em 12 de julho provocaram milhares de brasileiros a se postaram diante da tela da TV para assistir a primeira cena de sexo entre dois homens em uma novela brasileira. A relação entre os dois personagens trilhava uma historia recheada de fogo e paixão, e neste capítulo ganha ares de desejo e intimidade fazendo explodir toda a volúpia quando, enfim, não resistem: se beijam, se despem, se abraçam e fazem sexo, terminando a cena nus, deitados sobre a cama de mãos dadas.

"Liberdade, Liberdade": Caio Blat e Ricardo Pereira na primeira cena de sexo entre dois homens em uma novela brasileira

Entre 05 e 21 de agosto aconteceu a primeira Olimpíada no Brasil, que contou com 27 atletas que vivem abertamente sua identidade LGBT. Competiram no centro olímpico no Rio de Janeiro nove gays, um recorde (atletas masculinos historicamente são mais reticentes a tornarem pública sua homossexualidade), 18 lésbicas e bissexuais, sendo um casal que competiu no mesmo time de hóquei. Nunca tantos atletas assumiram sua homossexualidade, com direito até a pedido de casamento em plena competição. Isso sem falar dos voluntários e artistas LGBTs que participaram do revezamento da tocha e da cerimônia de abertura dos Jogos.

Fazendo a linha fervida, Ferdinando, o famoso "concierge" da Pensão da Dona Jô, do programa humorístico do canal pago multishow, “Vai Que Cola”, teve seu próprio programa e já em sua segunda temporada. No formato de programa de entrevistas com uma plateia, “Ferdinando Show” trouxe entrevistas com personagens conhecidos do público e também com personalidades. O cenário reproduz a recepção de um hotel 5 estrelas e conta ainda com uma DJ, Zelda, fazendo a linha butcher, Nicole Bahls e belos assistentes de palco. No início de cada episódio, Ferdinando performa hits de famosas cantoras como Madonna, Katy Parri, Beyoncé, Sai, Lady Gaga, Ivete Sangalo, Wanessa e Shakira.


"É como se fosse um universo paralelo do personagem, é o sonho realizado do Ferdinando. Ele não gosta de trabalhar na Pensão da Dona Jô e sempre imagina ser o concierge de um hotel cinco estrelas. E as apresentações que ele faz na Quinta Gay aqui ganham mais glamour, têm figurino, coreografia e bailarinos", declarou Marcus Majella, ator e comediante que interpreta Ferdinando.

E todos nós ganhamos com o canal da internet “Põe na Roda”, para ver boa vídeos sobre a temática LGBT. Sua programação vem arrancando risos e fazendo pensar sobre a diversidade sexual humana com sketches do cotidiano das bees e por mostrar que o humor gay não é apenas fazer piadas sobre viado. Com vídeos lançados sempre às terças-feiras, às 11h24, o canal já abordou temas como a falta de água em SP – recomendando uma chuca consciente e os estereótipos gays. Pedro HCM, idealizador do canal declarou em uma entrevista: “Nunca me faltou trabalho, mas tinha pouca realização. Profissionalmente, acredito que exista espaço e muito público pra um canal gay e de humor na internet. O público LGBT ainda é pouco representado na mídia”.


Os participantes LGBT causaram também nos programas “The Voice Brasil” (Rede Globo) e X Factor Brasil (Band), de longe os realities shows mais inclusivos da TV brasileira! Tem queer, pintosas, lésbicas e muita gente talentosa. A quinta temporada do “The Voice Brasil” estreou com beijo gay, quando o participante Renan Zonta, de Curitiba (PR), foi aprovado com a música Highway to Hell e comemorou beijando o namorado, no primeiro programa da temporada, exibido no dia 5 de outubro. Já no “X Factor Brasil” (BAND), em sua temporada 2016, a paulistana VKiller e Jenni Mosello, de Curitiba, representaram a modernidade. O candidato Diego, de Osasco, não deixou por menos no programa da Band. Com figurinos provocantes ele mostrou toda sua androginia no palco e cantou muito e seguiu no top 12 da competição. Porém quem parou tudo mesmo foi o pai do competidor, que passou batom nos lábios durante a apresentação do filho para mostrar seu apoio.

Diego em performance do “X Factor Brasil”

Já “Sense8”, série da Netflix, apresentou oito pessoas ao redor do mundo descobrindo que são sensates - ou seja: compartilham sensações, pensamentos e experiências uns dos outros. A primeira temporada tem 12 episódios e está disponível completa na Netflix. Respeito á diversidade e a multiplicidade já começa quando a série é dirigida por Lana Wachowski (Matrix), uma mulher transgênero e não para por aí. Composta por 8 protagonistas de diversas partes do mundo onde metade deles não são americanos e nem europeus, mostrando sua diversidade étnica, cultural e sexual. Todos eles com bagagens bem distintas e com grande contraste de classes sociais, a série também conta com diversos casais, sendo um deles formado por duas lésbicas e outro gay. E toda essa diversidade é passada de uma forma inteligente e natural.

Cena de beijo gay de "Sense8", gravada na última Parada do Orgulho de São Paulo

A série da Rede Globo, “Nada Será Como Antes”, contou comum triângulo amoroso fora do convencional, formado por Bruma Marquezine interpretando Beatriz, Letícia Colin, vivendo Júlia, personagem irmã de Otaviano, vivido por Daniel de Oliveira. O trio viveu cenas picantes, beijos lascivos, numa relação amoral. Na mesma série, formou-se outro triângulo amoroso formado entre o diretor da TV Guanabara, Aristides, vivido por Bruno Garcia, o galã Rodolfo, interpretado por Alejandro Claveaux e uma de suas fãs.

Bruna Marquezine e Letícia Colin se beijam em "Nada Será Como Antes"

A série “Liberdade de Gênero”, lançada pelo canal GNT, com 10 episódios e 14 histórias de pessoas que viram suas vidas transformadas ao dizer para si mesmas e para o mundo que sua identidade de gênero não era aquela atribuída pela sociedade. João Jardim, o diretor, procurou traçar um painel de vidas e possibilidades de vivenciar o corpo, o desejo cujo fio condutor é a “necessidade da força para assumir quem elas são independente das consequências” como contou em uma entrevista. Entre famosos e desconhecidos, João tentou construir conjuntamente a história. “Eu fui perguntando como elas queriam ser retratadas. O roteiro foi feito totalmente em conjunto com cada um dos personagens”, conta.

O cantor transexual Erick Barbi na série “Liberdade de Gênero”, lançada pelo canal GNT 

O diretor ainda comenta que “Não permitir que uma criança brinque com o que deseja é uma das maiores agressões. Aos adultos parece uma bobeira, algo pequeno, mas não é. O medo da rejeição, de estar fazendo algo errado e até mesmo de aceitar quem se é de verdade e seus gostos nos acompanham para o resto da vida e rege nossas atitudes” e conclui dizendo que ”violência não é apenas a agressão física, mas tudo aquilo que machuca outra pessoa”.

Com este resumo sobre a temática LGBT na televisão brasileira, quisemos demonstrar que não existem pessoas iguais, por mais que se tente impor um padrão, um ‘’normal’’, a diversidade nos interpela a todo o momento. Que bom que 2016 nos presenteou com esse painel LGBT de possibilidade de vida, sexo e afetos. Personagens, por mais fictícios que sejam, são representações de pessoas como nós, logo André e Tolentino, Ferdinando, Renan Zonta, VKiller, Diego, Lana Wachowski, Beatriz, Julia, Otaviano, Aristides e Rodolfo representam a mudança na forma como os LGBTs estão sendo retratados na TV brasileira.

Se, anteriormente, predominavam personagens secundários e estereotipados (o gay sempre retratado como estilista, por exemplo, ou a lésbica que se veste sempre com roupas consideradas do gênero masculino), hoje em dia esses personagens assumem papéis de protagonistas na grande mídia - ainda que não em todas as emissoras - e assumem os mais diversos “estilos”. De tudo o que vivemos em 2016, guardarei na memória a imagem de Tiago Leifert, que naturalmente, depois da apresentação do cubano, comentou: “emocionado Alexey foi beijar o namorado”.

Em tempos de conservadorismo exacerbado, culturalmente vivemos um novo tempo, em que preconceitos começam a ser quebrados ou pelo menos enfrentados. É preciso atentar, portanto, para a importância da discussão da pluralidade sexual humana e sua expressão na sociedade contemporânea, como um fenômeno essencial na construção de identidades e realidades. As intensas transformações sociais que se referem à sexualidade precisam ser analisadas para que se perceba a evolução ou a estagnação dos debates sobre a multiplicidade identitária e sexual.

Autor: Paulo Reis - Doutor em Educação, Ativista LGBT e Consultor em Gênero e Direitos Humanos
Contato: re_pare@yahoo.com.br

26.12.16

Aposte no Branco e em todas as cores para o Réveillon. Entenda o significado e a energia de cada uma delas na passagem de ano!


Réveillon se aproxima e você já sabe o que vestir? Vai apostar na máxima total white, já que nessa época do ano as chances de criatividade caem por terra? Afinal, a cor branca é uma das mais tradicionais, preferidas e lembradas nesse período. Quem não quer paz e se purificar das mazelas do ano que termina? Ainda mais em um novo ano que se inicia, energias positivas são sempre bem vindas. Mas que tal ousar no visual e ter além do branco, outras cores como opção?
  
A tradição ocidental diz que a cor das roupas que usamos durante a virada influenciam as energias para a entrada do novo ano. Portanto, para aqueles que acreditam, não custa nada estar por dentro do significado das cores para festejarmos o Réveillon da melhor forma possível e atrairmos bons fluidos para o ano-novo, não é verdade? Assim, o blog NLDJ fez um levantamento das principais cores e seus significados, para que você atraia não somente os olhares, mas principalmente, boas energias e vibrações positivas. 

Para sair bem na foto e entrar com o pé direito em 2017, escolha uma cor que tenha a ver com  seu estado de espírito. E claro, que lhe faça sentir a vontade. Como para muitos a vinda do novo-ano se trata de uma passagem, quase um ritual, o look monocromático não chega a ser uma má opção. Se quiser que as energias sejam redobradas, quem sabe vestir-se com uma única cor dos pés à cabeça possa ser uma boa ideia? Nesta caso, abuse das texturas como um contraponto para formar uma boa silhueta. Outra pedida são os acessórios que irão levantar o seu visual: cintos, sapatos, tênis, correntes, pulseiras, enfim, tudo o que possa agregar estilo ao seu look final, pode e deve ser usado. A barra da calça ou bermuda dobrada, por exemplo, pode ser um truque básico e resultar em uma imagem fashion. O interessante também é usar a criatividade e misturar as cores em si.

Do casual ao formal, confira a seguir os significados das cores e algumas dicas de street-style para você acertar no look ou simplesmente adaptar a ideia ao seu estilo, ou até mesmo com o que você já tem no seu guarda-roupa:

BRANCO: é a cor clássica do ano-novo e das festas de Réveillon. Branco é a reunião de todas as cores e a cor ideal para se purificar de energias antigas e começar coisas novas e é considerada a cor tradicional das roupas de ano-novo. Para quem deseja um 2017 cheio de paz e boas novidades é a pedida exata. O branco transmite paz, calma e pureza. Significa inocência e esperança no bem. revela sinceridade e verdade; repele energias negativas e eleva as vibrações espirituais. Equilibra a aura e facilita o contato com os guias espirituais, promovendo o equilíbrio interior e a sensação de proteção.


AMARELO: é uma cor clara e vibrante, que simboliza a alegria de viver, mas também a inteligência e capacidade de aprender - e de mostrar o quão fashion você é, já que os tons dessa cor sempre combinam com a energia e o calor do verão. Amarelo é a cor para quem quer ser feliz em 2017, desperta, expressa leveza, descontração e otimismo. Simboliza criatividade, jovialidade e alegria. Atrai pessoas alegres, rejuvenesce e expressa charme. É para valorizar a amizade e o calor humano no ano-novo. E claro, atrai bastante a atenção.


VERDE: além de simbolizar a sorte, também é a cor do equilíbrio e da saúde. É considerada uma cor três em um. Para quem quer começar o ano-novo com o pé direito e saúde perfeita para encarar os desafios do ano, o verde significa vigor, frescor, esperança e calma. Representa as energias da natureza, da vida, esperança e perseverança. Simboliza a renovação, fertilidade, crescimento e saúde. Verde traz paz, segurança, esperança em abundância e confiança. É para quem quer começar 2017 em perfeito equilíbrio. O verde limão, mais vivo e amarelado sugere uma força ativa, muita energia. O verde claro significa contentamento e proteção.


AZUL: uma roupa na cor azul claro vai expressar tranquilidade, abertura e frescor. É para começar 2017 com serenidade e vivacidade. O azul é a cor do céu iluminado, das alturas, do espírito e do pensamento. Portanto simboliza o ideal e o sonho. É para transmitir boas vibrações para a realização de seus sonhos no ano-novo. Azul simboliza a lealdade, a fidelidade e a seriedade. É seguir firme no ano-novo na concretização de seus projetos e sonhos. É a cor do bem estar e da paciência, da amabilidade e da serenidade. Azul é a cor mais profunda. Preferida por adultos, demonstra uma certa maturidade.


ROXO: simboliza transformação e mudanças, representando a transformação da energia negativa pela positiva. Também representa espiritualidade e ajuda a se livrar da depressão. Roxo simboliza respeito e dignidade. Assim como o preto, o roxo remete a nobreza e poder. É para começar o ano-novo em grande estilo. Ajuda a encontrar novos caminhos para a espiritualidade e a elevar nossa intuição espiritual. Já o LILÁS é um roxo pendendo para o azul. Dessa forma, também significa espiritualidade e intuição, mas de forma mais leve e sutil. É a cor da alquimia e da magia. Ela é vista como a cor da energia cósmica e da inspiração espiritual. A cor lilás é, segundo místicos, excelente para purificação e cura dos níveis físico, emocional e mental. Ideal para começar 2017 de forma leve e tranquila. Lilás é uma cor que ajuda a encontrar novos caminhos durante o ano-novo e a elevar nossa intuição espiritual para enfrentar com serenidade os desafios do ano que chega.


ROSA: além do amor de namorados e relacionamentos, o rosa também é a cor do amor-próprio. Quer encontrar um amor em 2017? Aumentar sua auto-estima? Aposte nessa cor que, além de ser tendência (principalmente os rosas mais "vivos"), vai te ajudar a se amar mais! A cor rosa é um vermelho suavizado com o branco. Portanto é a cor da beleza, do romantismo, do amor terno e carinhoso.


VERMELHO: estimula a força de vontade, a energia e a coragem. E é o símbolo da paixão! O vermelho é pra quem precisa de força de vontade para encarar o vestibular ou outros desafios e quer viver muitas paixões no ano-novo! O Vermelho é a cor da paixão e do sentimento. Simboliza o amor e o desejo. É pra quem quer começar 2017 com tudo! A cor vermelha ativa e estimula, significa elegância, paixão, conquista, requinte e liderança.


LARANJA: há quem se refira ao laranja como salmão. O laranja é para quem anda se sentindo muito cansado, sem energia. Então uma roupa laranja é a ideal para você entrar em 2017 cheio de vitalidade e usando uma cor quente e atraente. O laranja é a cor do calor afetivo, da intimidade, vai expressar energia, desejo e demonstrar que você está com o pique todo para o ano-novo. Laranja também é a cor do sucesso e da prosperidade, da confiança e das pessoas que creem que tudo é possível. Estimula otimismo, generosidade e o entusiasmo.


PRETO: é a ausência de todas as cores e simplesmente banida indevidamente do guarda-roupa nessa época do ano. Como dito acima, o preto remete a nobreza e poder. É a cor da decisão e se você procura independência  no ano que está por vir, use e abuse sem medo de ser feliz. A cor também significa estabilidade, absorve  todas as energias ao redor, ou seja, se o seu ano foi bom, você poderá usar a cor para continuar na mesma vibração.  

 
NA LÍNGUA DO JU ® - 2017